Para saber como chegar: use o GPS, olhe no mapa e se prepare, vale até calcular a distância

Na hora de passear de carro, muitas vezes deixamos as emoções tomarem conta e esquecemos de pontos importantes para nossa segurança e conforto, a viajem deve começar muito antes de sairmos de casa, começando pela correta revisão e manutenção do veículo em dia, também devemos estar cientes da distância que vamos percorrer, para isso devemos traçar a rota no GPS, seja ele o Waze, Google Maps ou outro aplicativo que nos trás as informações necessárias para traçar a rota, como a quantidade e preço de pedágios no caminho, nos ajuda a calcular a distância entre as cidades para sabermos quanto combustível iremos precisar e até mesmo nos avisar de pontos importantes de parada, como restaurantes, pousadas e hotéis.

Novidades
8 meses atrás
Para saber como chegar: use o GPS, olhe no mapa e se prepare, vale até calcular a distância

Dicas para pegar a estrada de carro sem problemas

Motoristas experientes ou motoristas novatos precisam, com certeza, redobrar os cuidados e a atenção enquanto estiverem ao volante. Dirija com prazer, jamais com medo ou com pressa para chegar logo e ser a última viagem de sua vida. Desfrute do momento, a calma é uma ótima aliada na ida e na volta, assim garantirá uma boa viagem, super bacana e tranquila, sem dores de cabeça podendo evitar acidentes também no caso de outro motorista não estar bem preparado como você estará. Seja com quatro ou duas rodas – carro ou moto, é sempre bom estar atendo ao estado de conservação de seu carro, respeitar os limites da lei de trânsito e cumprir as regras de uso que estão no manual do proprietário. Fique ligado também nos equipamentos extra que você pode não saber usar corretamente, conheça todos os seus equipamentos e, boa viagem.

Confira pessoalmente tudo o que puder

  • Cheque o óleo – ele permitirá que o motor rode bem e não funda as peças. Poderá perder o veículo por este motivo, normalmente é mais caro concertar do que desfazer do veículo, então cuidado!
  • Calibre os pneus – assim o carro fluirá no asfalto sem novidades. Caso contrário ele pode trepidar demasiadamente e causar até um capotamento – é importante.
  • Freios em dia – dispensa comentários.
  • Saiba usar as luzes – passou a ser obrigatório no país rodar com farol baixo, porém saiba de todos os comandos do seu veículo, afinal este não é o único recurso do conjunto óptico automobilístico. Você poderá ter à sua disposição luzes de posição, de neblina, de iluminação lateral etc. Conheça seu carro!
  • Transporte correto da bagagem – deixar bagagem solta no interior, pode ser perigoso, além de até render multa. Organize corretamente suas mochilas e demais itens para garantir a segurança de todos trafegando sem preocupações.
  • Leia o manual do veículo que te acompanhar – infelizmente algumas falhas bobas podem causar acidentes e podem ser prevenidas ou esclarecidas com o simples ato de ler o manual do carro, fora as dicas para solucionar pequenos problemas. Ele ensina a economizar combustível, como desatolar, dirigir com segurança, enfrentar trechos alagados e, inclusive, lavar o carro sem manchar a pintura (legal heim!).
  • Planejamento evita problemas e transtornos – torna qualquer tipo de viagem muito mais tranquila. Apps no celular e um copiloto também fazem a diferença.
  • Acidentes acontecem – tenha paciência sempre! Estamos sujeitos, devemos sem evitar colisões, mas se acontecer e tiver possibilidades, verifique se há feridos, sinalize o local e registre a ocorrência com a polícia militar rodoviária – o chamado poderá ser feito pelo 190. Lembre-se de acionar o seguro, caso seu veículo o tenha e ele tem franquia – veja se financeiramente compensa. Solicite também o DPVAT. Lidar com essas consequências, certamente são aborrecimentos. Tenha calma e confie em Deus por mais que não seja fácil.

Acomode bem seu animal de estimação, ele merece cuidados também

É PROIBIDO – Animais soltos pelo carro, seja pelos bancos, no colo de um passageiro ou que seja com a cabeça para fora do carro. O CTB (Código de Trânsito Brasileiro) permite carregá-los com equipamentos próprios de segurança, ou seja, cadeirinhas, caixas de transporte e cintos de segurança específicos, sempre em tamanho adequado ao porte do pet são regras que precisam ser seguidas. Se você está levando ele pra se divertir contigo, logo ele é bem importante, então vale a pena ter esses cuidados que não são tão rigorosos. É mais seguro!

7 dicas para pegar estrada com segurança

Verifique se as condições estão favoráveis

Todo motorista sonha com a oportunidade de dirigir na estrada e sentir a tão sonhada liberdade em meio à belas paisagens. Mas, tanto motoristas experientes quanto novatos devem redobrar cuidados para fazer uma viagem segura, já que além da velocidade dos carros ser maior, também exige mais concentração dos motoristas. Dirigir com a luz do sol é melhor que a noite, bem como dirigir com tempo bom é mais seguro do que com chuva, e dirigir pela manhã, quando dormimos bem à noite, é melhor que ao entardecer. O ideal é planejar a viagem e fazer paradas a cada duas horas para um pequeno descanso.

Primeira vez na estrada: estude o roteiro

Quem vai pegar estrada pela primeira vez, deve treinar em vias locais até adquirir segurança, assim como estudar o roteiro da viagem. É preciso também a perfeita adaptação ao veículo, ajustes de banco e espelhos, conhecimento pleno dos instrumentos do painel e função dos botões.

Mantenha uma distância segura

suficiente para permitir uma freada com segurança. “Consideram-se a distância que o veículo percorrerá até que o condutor acione os freios (chamada distância de reação) mais uma distância percorrida após os freios serem acionados (chamada distância de frenagem). Existem algumas regras práticas para se determinar de quanto é esta distância. Uma delas é a regra dos dois segundos, que consiste em identificar um ponto de referência (poste, árvore, placa) quando o veículo da frente passar por esse ponto de referência conta-se 51, 52 segundos para o carro que está atrás passar em frente ao mesmo ponto.

Como proceder no acostamento

o acostamento é construído sem a última camada de asfalto, por isso é sempre mais baixo que o leito. “Se o condutor precisar sair para o acostamento, primeiro deve sinalizar e depois reduzir a velocidade. Se precisar ficar parado no acostamento, é necessário providenciar sinalização com triângulo e pisca-alerta.

Ultrapassagem segura

A ultrapassagem é uma manobra que exige muita atenção, portanto, a primeira recomendação é manter uma distância segura do veículo que será ultrapassado, verificar o tráfego tanto dos carros que vêm em sentido contrário, como também daqueles que estão atrás, e dar seta para mostrar aos condutores dos outros veículos que irá realizar uma manobra de ultrapassagem. “Procure ter certeza de que não existe nenhum veículo no ‘ponto cego’ do retrovisor, conheça e respeite as sinalizações. Placas, faixas contínuas e outros sinalizadores indicam os locais mais adequados para fazer ou não a ultrapassagem. Respeite seu carro, não exija mais do motor do que ele pode dar. Isso evita que tenha que parar a ultrapassagem no meio.

Atenção aos sinais de comunicação

Os sinais de comunicação entre motoristas não são padronizados ou reconhecidos por nenhuma legislação, mas todos sabem que existem. “Piscar para a direita, por exemplo, é como se o motorista estivesse dizendo ao que vai passar ‘que a pista está limpa, sem acidentes ou qualquer outro perigo’. Já piscar faróis é um sinal usado para indicar problema à frente. Pode ser acidente, queda de barreira, árvore ou tráfego parado.

Redobre sua atenção nas curvas

O movimento deve ser feito com as duas mãos no volante e, principalmente, antes da curva diminua a velocidade. Comece a retomar a aceleração do meio para saída da curva

Para você ficar fera

Dirigir nem sempre é uma tarefa simples e agradável. Diversas situações cotidianas podem trazer dor de cabeça para o motorista. Em muitos momentos o trânsito não contribui pro conforto e comodidade de quem está ao volante e isso pode ajudar a aumentar o estresse e a insegurança do motorista.

  • Se planeje com antecedência,
  • Reforce os cuidados do dia a dia,
  • Faça uma revisão do seu veículo,
  • Evite distrações,
  • Procure não viajar sozinho, é sinônimo de segurança em vários sentidos.

Considerações finais

Viagem é viagem e medidas de segurança precisam ser adotadas, evitando imprevistos e contar com uma viagem NO LIMITE DA SEGURANÇA. Revisão no veículo, conferir os itens como triângulo, pisca alerta, luz de freio, lanternas e farol -luz alta, baixa e meia-luz; nível do óleo, estado dos pneus e ferramentas para realizar a troca se necessário (macaco, chave e pneu reserva). Motorista novo de habilitação e de estrada não tem experiência, então a dica é seguir viagem durante o dia e em horários com menor movimento pelas ruas.

Decida seu destino e qual o melhor horário ir. Prepare o itinerário. Veja e reveja o seu percurso, use o Waze se preferir. Em caso de uma viagem mais longa na estrada, vale a pena estudar e conhecer previamente quais são os pontos de interesse. Onde é possível e seguro fazer aquela pausa para descanso e esticar as pernas.

       

BateCabeça

Você também adora as novidades da tecnologia? O Bate Cabeça é um blog ideal para você acompanhar, nós amamos a tecnologia e seus usos mais fantásticos.

Vamos Bater um Papo?